Seguir por email

"O fim do Direito é a paz; o meio de atingi-lo, a luta. O Direito não é uma simples idéia, é força viva. Por isso a justiça sustenta, em uma das mãos, a balança, com que pesa o Direito, enquanto na outra segura a espada, por meio da qual se defende. A espada sem a balança é a força bruta, a balança sem a espada é a impotência do Direito. Uma completa a outra. O verdadeiro Estado de Direito só pode existir quando a justiça bradir a espada com a mesma habilidade com que manipula a balança."

-- Rudolf Von Ihering

Frases, poemas e mensagens no
http://pensador.uol.com.br


IDIOMA DESEJADO.

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Faleceu Adélia de Souza Pimentel.


Miguel Pereira
92 anos


Natural de Paty do Alferes: foi sempre uma vencedora. 
Na infância venceu todos os obstáculos. Abandonada pelo pai ferroviário ao lado da mãe e irmão com apenas 10 anos trabalhou ecomprou  uma área de terra ondeconstruiu uma casa.Cursou o primário, e se especializou em Cozinha Francesa.Foi a primeira cozinheira 12 anos do Hospital Fundação Miguel Pereira, e na ocasião da aposentadoria não hesitou em doar seu Fundo de Garantia para a instituição.Enquanto cozinheira deste hospital que tanto amou bordava 60 dúzias de panos de prato por ano, para ajudar na construção da 2ª Ala.Após a aposentadoria, deu inicio a um trabalho social distribuição de roupas para os mais carentes, em vários municípios. Em 2009 com o Pastor Carlos José realizou uma festa (doação) de roupas e presentes novos para 100 pessoas na cidade de Seropédica.Sempre ajudou os mais necessitados de Miguel Pereira, Paty do Alferes, Vassouras, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados e Japeri. E vendia seus lindos artesanatos e plantas cuidadas pessoalmente por ela.Era ecologicamente correta aproveitava a água da chuva e das lavagens da roupa para molhar jardins, aproveitava cascas dos legumes e frutas para enriquecimento do solo.Esta é Adélia.Porque conto sua historia?Porque seu ultimo sonho era criar um projeto para idosos; como ela, seu exemplo serve para a sociedade aprender a ver os idosos com respeito, porque se o Brasil hoje se destaca entre as grandes nações, é porque estes que hoje são idosos construíram o presente que hoje vivemos. Continua...Adélia Pimentel deixa entre nós seus valorosos filhos que tanto ilustram a história da cidade e da região e a quem este jornal envia sentimentos de pesar:Regina Pimentel, artista e historiadora; Políbio Pimentel, esteticista e empreendedor, que foi um grande atleta; Carlos Pimentel, confecção; Paulo Pimentel, fabricante de lareiras..


http://www.panoramaregional.com.br/genews/index.php?conteudo=noticias_view&cod=7911

Passeio ecológico em Nova Iguaçu

Meio Ambiente

alt
Nesta sexta-feira, dia 30, com o intuito de discutir o impacto ambiental na cidade, 40 estudantes da Escola Municipal Luís de Lemos, em Carmary, realizam pela manhã, um passeio ecológico no Parque Municipal de Nova Iguaçu.
Supervisionado pelo professor Eduardo Rodrigues, o passeio será uma aula prática de educação física, mas sem deixar de lado o conteúdo de outras disciplinas.

De acordo com Eduardo, o passeio terá como foco a necessidade de proteger e preservar o meio ambiente. “O impacto Ambiental em nossas vidas, com foco nos rios, será discutido. Além disso, visitaremos a nascente de um rio eobservar até onde a intervenção humana contribuiu para a poluição dos rios”, afirmou Eduardo.

Os alunos dos 8º e 9º anos visitarão as nascentes dos principais rios que cortam a cidade  e ainda vão aproveitar se refrescar nas cachoeiras do Parque, como o Poço das Cobras. Ao fim do passeio, os alunos farão uma plantação coletiva de mudas, fornecidas pela administração do Parque.  A meta é mostrar na prática o que pode acontecer com o  meio ambiente caso seja utilizado de forma errada.


http://diariodemocratico.com.br/meio-ambiente/6/3700

Programa Renda Melhor Jovem em Nova Iguaçu.


Cidades
alt
A prefeita Sheila Gama participou, da cerimônia de lançamento do Programa Renda Melhor Jovem, ação do Governo do Estado que irá contemplar  30 mil jovens até 2013.
O benefício será destinado a jovens com até 18 anos incompletos, que estejam regularmente matriculados na rede pública escolar e pertençam a famílias cadastradas no Programa Renda Melhor,  que ajudará aproximadamente 28 mil famílias que têm menos de R$100 por mês de renda por pessoa, a partir de dezembro, em Nova Iguaçu. O auxílio varia de R$ 30 a R$ 300, de acordo com a renda e as características de cada família.  Serão beneficiadas aquelas que utilizam o Cadastro Único do Governo Federal e do Programa Bolsa Família. 
O Programa Renda Melhor Jovem concederá bolsas-auxílio a partir de R$ 700 no primeiro ano do Ensino Médio. Este valor aumentará gradativamente ao longo dos outros anos do curso e a quantia total poderá chegar a R$ 3.100. Para isso, o aluno deverá ter freqüência superior a 75% das aulas e não poderá ser reprovado em nenhuma disciplina. “Com esta ação importante, queremos estimular os jovens a agarrar esta chance, valorizar os estudos e melhorar suas condições de vida”, disse o governador Sérgio Cabral.
Os primeiros municípios da Baixada Fluminense a participar da iniciativa serão Belford Roxo e Japeri, que foram os primeiros a receber o Renda Melhor na região. A cidade de Nova Iguaçu será inserido no projeto em 2012.

PMERJ: Coronel Erir Ribeiro da Costa Filho é o novo Comandante Geral da PM.

29/09/2011 17:53:26 - Atualizado / em 29/09/2011 19:01:58



Jornalista Lucia Guerra - assessoria
http://www.policiamilitar.rj.gov.br/news_full.php?cat=1&ver=1225&usu=37


O secretário de Segurança José Mariano Beltrame anunciou na tarde desta quinta-feira (29/9) que o Coronel PM Erir Ribeiro da Costa Filho, 54 anos, é o novo Comandante da Corporação. O Coronel tem 31 anos de serviços prestados à Polícia Militar. É natural do Rio de Janeiro, casado e tem dois filhos.

O Coronel foi comandante interino do Batalhão de Choque, Diretor de Apoio Logístico do Quartel General, Comandante do 2º Comando de Policiamento de Área e Comandante do 4º BPM (São Cristóvão). Atualmente, estava adido da Seseg, coordenando o Serviço de Emergencia 190.

Na PM realizou cursos de informações, Superior de Polícia Militar, entre outros.

Foi condecorado com as medalhas Distintivo Lealdade e Constancia (2000), Ordem do Mérito D. João VI (2006), Medalha Tiradentes (2003), Medalhas de 10 e 20 anos de efetivo (2006), Medalha Ordem do Mérito PM Grau Comendador (2008), entre outras.


Security Secretary Jose Mariano Beltrame said on Thursday afternoon (29 / 9) that the Colonel PM ErirRibeiro da Costa Filho, 54, is the new Commander of the Corporation. The Colonel has 31 years of service to the Military PoliceIt is natural from Rio de Janeiromarried and has two children.

The Colonel was acting commander of the Battalion of Shock, Director of Logistics SupportHeadquarters, Commander of the 2nd Policing Area Command and Commander of the 4th Battalion (St. Kitts). Currentlythe attache was Seseg, coordinating the emergency service 190.

PM held courses in Information, Superior Military Police, among others.

He was awarded medals and Constancia Badge Loyalty (2000), Order of Merit D. John VI (2006),Tiradentes Medal (2003)Users of 10 and 20 years of actual (2006), Order of Merit Medal PM GradeCommander (2008), among other








Secrétaire à la Sécurité José Mariano Beltrame a déclaré jeudi après-midi (29 / 9) que le colonel PM ErirRibeiro da Costa Filho, 54 ans, est le nouveau commandant de la Société. Le colonel a 31 ans de serviceà la police militaireIl est naturel de Rio de Janeiromarié et père de deux enfants.

Le colonel était commandant par intérim du Bataillon de Choc, directeur du siège de soutien logistique, le commandant du Commandement de la Zone de police 2ème et commandant du 4e bataillon (St. Kitts).Actuellement, l'attaché a été Sesegla coordination des 190 services d'urgence.

PM a donné des cours dans l'information, la police militaire supérieure, entre autres.

Il a été décoré de médailles et de fidélisation Badge Constancia (2000)Ordre du Mérite D. Jean VI(2006)Médaille de Tiradentes (2003), les utilisateurs de 10 et 20 ans de réelles (2006)Ordre du MériteMédaille PM commandant année (2008), parmi d'autres



保安局局長何塞馬里亞諾 Beltrame說,在星期四下午(29/ 9)上校下午Erir里貝羅達科斯塔菲略,54歲,該公司的新指揮官上校一直服務到31年的軍事警察里約熱內盧自然,已婚,育有兩個孩子。

上校代理衝擊大隊後勤保障總部主任,第二警務司令部第4個營(聖基茨)指揮官司令員目前,武官Seseg,協調應急服務190。

下午舉行的信息,高級軍事警察課程,等等。

他被授予勳章和Constancia徽章忠誠度(2000),D.勳章約翰六世(2006年),Tiradentes獎章2003年)10和20年的實際(2006)優異 PM指揮官(2008年)令用戶,其中包括








セキュリティ長官ホセマリアBeltrame大佐PM Erirリベイロダコスタフィリオ54は(株)司令官であることを木曜日の午後(29/ 9)を明らかにした大佐軍事警察へのサービス31年を持っていますそれは、リオデジャネイロから自然であり結婚して二人の子供を持っています

大佐は、ショック大隊後方支援本部ディレクター、第2ポリシングエリアコマンドと第4大隊セントキッツ司令官司令官指揮演技した現在大使館員緊急サービス190を調整しSesegした

PMは、とりわけ情報優れた軍事警察のコースを開催しました

メダルコンスタンシアバッジへの忠誠心(2000勲章を授与されたD.の中でジョンVI2006)Tiradentes(200310および20の実際2006年)功労勲章PMグレードコマンダー(2008年)順序ユーザー








Секретарь Безопасности Хосе Мариано Белтраме заявил в четверг днем (29 / 9), что полковника П. М. Erir Рибейро да Кошта Фильо, 54, является новым командующим Corporation.Полковник имеет 31 лет службы в военной полиции. Естественно, из Рио-де-Жанейро, женат и имеет двоих детей.

Полковник был исполняющий обязанности командующего батальоном ударных, директор штаб-квартиры материально-технического обеспечения, командующий 2-й полицейской команднойрайона и командующий 4-го батальона (Сент-Китс). В настоящее время атташе был Seseg, координации аварийно-спасательной службы 190.

PM провел курсы по информационной политике, превосходящей военной полиции, среди других.

Он был награжден медалями и Констанция знак лояльности (2000), орденом За заслуги Д. Иоанн VI(2006), Tiradentes медалью (2003), пользователей от 10 до 20 лет фактического (2006), орденом За заслуги медалью PM класса Commander (2008), среди прочих








29/09/2011 17:40:51 - Atualizado em 29/09/2011 19:42:41



Coronel Kátia Neri Nunes Boaventura é a nova Chefe de Gabinete da PM




Jornalista Lucia Guerra - assessoria


A Coronel PM Kátia tem 47 anos e está na Corporação há 28 anos. É casada e tem uma filha. Ela foi Chefe do Gabinete do Comandante Geral (2007), Comandante do 10º BPM (Barra do Piraí, em 2009), e atualmente Comandante da Academia D. João VI.

Pela Corporação fez os seguintes cursos: Polícia Judiciária Militar, Curso Superior de Polícia Militar, Formação de Tutores, Direitos Humanos, Gerenciamento de Crises, Sistema e Gestão em Segurança Pública, entre outros.

Foi condecorada com o Distintivo, Medalha do Mérito Pm Grau Comendador, entre outras.


29/09/2011 17:43:35 - Atualizado em 29/09/2011 19:42:41

Coronel Pinheiro Neto é o novo Chefe do Estado Maior Operacional da PM




Jornalista Lucia Guerra - assessoria


Coronel Alberto Pinheiro Neto, 47 anos, tem 26 anos de serviços prestados à Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Pinheiro Neto é casado, tem uma filha. Foi Comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de 2007 até 2009. Atualmente é Chefe do Coordenadoria de Assuntos Estratégicos da PMERJ.

O Coronel teve participação fundamental na estratégia operacional da ocupação do Morro do Alemão (2010). O Coronel Pinheiro fez cursos de Operações Especiais (1989), de Negociação de Conflitos (1993) e Superior de Polícia Integrado (2005).

Foi condecorado com o Distintivo Lealdade e Constância (2000), Medalha do Mérito D. João VI (2007), Medalha Tiradentes (2008), entre outros. 




No Rio, a tradição é a polícia derrubar a polícia

João Marcello Erthal e Cecília Ritto
Mário Sérgio Duarte, comandante da PM
Mário Sérgio Duarte, comandante da PM (Fernando Lemos)
A maior ameaça ao comandante de uma instituição que combate o crime deveria, em tese, ser o bandido, a criminalidade, o assombro da população com as ações violentas. Todas elas estão presentes no Rio de Janeiro, em diferentes graus e em diferentes regiões. Mas tradicionalmente o que aciona o botão “ejetar” das cadeiras de comando nas polícias militar e civil não vem de fora. Mário Sérgio Duarte, o coronel filósofo que pediu exoneração no fim da noite de quarta-feira, conseguiu sucessivas reduções na taxa de homicídios e nos índices de violência do Rio, mas não resistiu ao inimigo interno: um oficial acusado de comandar a quadrilha de PMs suspeita de matar a juíza Patrícia Lourival Acioli.

O último chefe de Polícia Civil, delegado Allan Turnowski, caiu na semana seguinte à prisão de um grupo de policiais sob seu comando. Eles eram acusados de envolvimento com traficantes e vazamento de informações sobre ações contra quadrilhas. O inquérito aberto para apurar um suposto vazamento atribuído a Turnowski foi arquivado.

A cadeira do comandante-geral da PM balançou além do suportável na terça-feira, quando foi preso o tenente-coronel Cláudio Luiz Silva de Oliveira. Era ele o comandante do batalhão de São Gonçalo quando Patrícia Acioli foi assassinada. Ela era a juíza da 4ª Vara Criminal da cidade, e tinha sobre a mesa uma série de processos contra policiais comandados por Oliveira, acusados de crimes como corrupção e assassinato.

Os méritos de Mário Sérgio não bastaram para sustentá-lo no comando. A exoneração foi a pedido, mas razoavelmente prevista no compromisso entregue ao comandante-geral da PM e ao chefe de Polícia Civil na gestão de José Mariano Beltrame à frente da Secretaria de Segurança. Beltrame, assim como o governador Sérgio Cabral, afirmam e reafirmam que há total liberdade para os chefes da segurança escolherem seus subordinados. E, obviamente, cobram por isso. O tenente-coronal Oliveira foi escolhido para o batalhão de São Gonçalo por Mário Sérgio. O mais grave, no entanto, veio depois. No momento em que já era investigado por suspeita de envolvimento na morte de Patrícia Acioli, Oliveira foi levado de um comando para outro: deixou o 7º BPM (São Gonçalo) e assumiu o 22º (Maré). 

Na coletiva em que anunciou o coronel Erir Ribeiro Costa Filho como novo comandante da PM, Beltrame fez elogios a Mário Sérgio. “Quero aproveitar a oportunidade e deixar mais uma vez o meu agradecimento ao coronel Mario Sérgio, um homem honrado. Tão honrado a ponto de reconhecer a situação que criou e perceber, obviamente, que o plano de segurança está muito acima das pessoas, do comando e de qualquer lugar”, afirmou.

É justamente nesse sentido que Jaqueline Muniz, doutora em estudos de polícia, acredita estar o mérito de Mário Sérgio Duarte. Para ela, o ex-comandante chamou a responsabilidade para si e não empurrou a terceiros a culpa pelo erro. “Ele demonstrou que a polícia permanece e que ocupar cargos é temporário”, afirma. Jaqueline classifica a atitude de Mário Sérgio como corajosa, ousada e responsável. “Não me lembro de uma postura dessas no Rio, com esse grau de transparência e seriedade profissional. Muitas vezes a mosca do poder morde a pessoa, e o indivíduo fica encastelado, desgastando a corporação e a sua própria imagem”, explica Jaqueline. 

Um dia antes de o ex-comandante pedir para sair do cargo, Beltrame havia dito que Mário Sérgio gozava de sua confiança. A decisão de deixar o comando da PM leva a crer que partiu do próprio Mário Sérgio o senso de responsabilidade de deixar a sua função. “A mensagem que ele passa para a tropa é seriíssima. Para alguém que vem do Bope é muito coerente: ‘Todos nós (policiais) somos co-responsáveis com o que ocorre nas ruas do Rio de Janeiro’”, diz Jaqueline. É uma forma de o ex-comandante dar o exemplo não só para os subordinados, mas também para os gestores públicos de uma forma geral- que, quase sempre, tentam se manter no cargo mesmo quando isso parece insustentável.

Mário Sérgio Duarte pode ter sido vítima de sua cautela, evitando afastar de cargos de comando o suspeito, antes de ter provas contra ele. Mas diante de um crime bárbaro, contra a juíza e contra a democracia – afinal, Patrícia foi morta por ser atuante em sua função de combater o crime – ser cauteloso teve o mesmo efeito de ser omisso. O depoimento de um cabo acusado de atirar contra a juíza pôs o tenente-coronel Oliveira no topo da quadrilha que matou a juíza, e para a opinião pública ficou a imagem de que o comando protegeu um bandido.

In Rio, the tradition is to overthrow the police the police
John Marcello and Cecilia Erthal Ritto
Mario Sergio Duarte, commander of the PM (Fernando Lemos)
The biggest threat to the commander of an institution that fights crime should, in theory, be the villain, crime, the astonishment of people with violent actions. All of them are present in Rio de Janeiro, in different degrees in different regions. But traditionally what activates the "eject" command of the seats in the military and civil police does not come out. Mario Sergio Duarte, Colonel philosopher who in his resignation late on Wednesday, managed to successive reductions in homicide rates and rates of violence in Rio, but could not resist the enemy within: an official accused of directing the gang of PMssuspected of killing Judge Patricia Lourival Acioli.
The last Head of Civil Police, Chief Allan Turnowski fell in the week following the arrest of a group of police officers under his command. They were accused of involvement with traffickers and leakage of information about actions against gangs. The inquiry opened to investigate an alleged leak was attributed to Turnowski filed.
The chair of the general commander of the PM shook beyond bearing on Tuesday, when he was arrested Lt. Col. Luiz Claudio de Oliveira Silva. He was the battalion commander of São Gonçalo Acioli when Patricia was murdered. She was the judge of the 4th Criminal Court of the city, and was on the table a series of lawsuits against police led by Oliveira, accused of crimes including corruption and murder.
The merits of Mário Sérgio not enough to sustain him in charge. The resignation was requested, but reasonably determined by the commitment given to the commanding general of the PM and the Head of Civil Police in the management of Jose Mariano Beltrame ahead of the Security Bureau. Beltrame, as well as the governor, Sergio Cabral, affirm and reaffirm that there is complete freedom for security chiefs choose their subordinates. And of course, charge for it. Lieutenant Coronal Oliveira was chosen for the battalion of São Gonçalo by Mario Sergio. The most serious, however, came later. By the time it was investigated on suspicion of involvement in the death of Patricia Acioli, Oliveira was taken from one command to another, left the Battalion 7 (São Gonçalo) and took 22 (Tide).
At the press conference announcing the Colonel Erir Costa Ribeiro Filho as the new commander of the MP, praised the Beltrame Mario Sergio. "I want to take this opportunity once again and let my gratitude to Colonel Mario Sergio, an honorable man. So honored to recognize the point that created the situation and realize of course that the security plan is far above the people and the command from anywhere, "he said.
It is precisely this sense that Jacqueline Muniz, PhD in Police Studies, believes it is the merit of Mario Sergio Duarte. For her, the former commander called responsibility for themselves and not pushed the blame to others for the mistake. "He showed that the police remain and hold office is temporary," he says. Jacqueline classifies the attitude of Mario Sergio as courageous, daring and responsible. "I do not remember such a position in Rio, with this degree of transparency and professionalism. Many times the fly bites a person of power, and the individual is embattled, wearing the corporation and its own image, "explains Jacqueline.
A day before the ex-commander asked to leave the office, Beltrame had said Mario Sergio enjoyed his confidence. The decision to leave the command of the PM suggests that left Mario Sergio's own sense of responsibility to leave your job. "The message is that he is dead serious for the troops. For someone who comes from the BOPE is very consistent: 'All of us (police) are co-responsible with what happens on the streets of Rio de Janeiro, "says Jacqueline. It is a form of the former commander not only set an example for subordinates, but also for policy makers in general-which almost always try to stay in office even when it seems untenable.
Mario Sergio Duarte may have been the victim of his caution, avoiding positions of command away from the suspect, before he had evidence against him. But in the face of a barbaric crime against democracy and against the judge - after all, Patricia was killed for being active in their role of fighting crime - be cautious had the effect of being silent. 
The testimony of an accused to shoot out against the judge put Lieutenant Colonel Oliveira at the top of the gang that killed the judge, and public opinion was the image of the command that protected a bandit.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

A web paralela do Facebook.




Pedro Dória, O Globo
Na semana passada, o Facebook anunciou uma série de mudanças na maneira como funciona e em sua aparência. O noticiário das próximas semanas é previsível. Usuários vão reclamar, acusações de quebra de privacidade circularão, uns tantos vão deixar o sistema em protesto. E aí tudo voltará a ser como dantes.
Não é que os infelizes não tivessem suas razões. Tinham. Mas já aconteceu e essas coisas se repetem. Enquanto isso, mais um passo foi dado para a criação de uma internet paralela.
Pois existem duas maneiras de enxergar o que Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, está fazendo. A primeira é justamente a de uma internet paralela. Ela é organizada, bem acabada e absolutamente fechada. Já tem mais de 700 milhões de usuários.
A segunda é a de que ele está construindo sobre a internet livre que todos usamos uma nova camada. Esta camada melhora a rede, facilita nossa vida e nos transforma a todos em dependentes do Facebook.
O Google já é assim. Dependemos dele. A rede é inimaginável sem o Google. Ser o segundo a conquistar tal status não é trivial. O Facebook está quase lá.
Para chegar lá, porém, algumas mudanças se fizeram necessárias. A primeira é mudar a alma por trás do botão "curtir". Espalhado por toda a rede, presente em quase todo site, serve para que o usuário recomende em sua página de perfil no Facebook uma foto, um artigo. O "curtir" mudará. Quem faz programinhas para o Facebook poderá usar qualquer verbo. Um site de fotos poderá ter o selo "eu vi uma foto", o jornal seu "li este artigo".
A mudança parece sutil, porém, ao implantar linguagem natural, algo de fundamental muda. No seu Facebook, tudo aparecerá como uma lista de atividades lógica e humana. Agradável.
Leia a íntegra em A web paralela do Facebook

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ATRIZ BIANCA RINALDI - INSTITUTO EU QUERO VIVER















Atriz Bianca Rinaldi divulga ações do Instituto Eu Quero Viver



1 Votes
Fonte: Reinaldo Oliveira
A atriz Bianca Rinaldi esteve no dia 26 de maio visitando, durante ensaio da peça Cabaret da Vida, os artistas da Cia Nascem de Teatro, quando falou sobre as ações que estão sendo desenvolvidas pelo Instituto Eu Quero Viver, que é presidido por ela e tem como foco principal ajuda aos portadores da doença mucopolissacaridose. Trata-se de uma doença genética, rara e progressiva causada por uma deficiência enzimática. A grande maioria dos portadores desta doença falece antes de atingir os dez anos de idade e ainda não há tratamento específico para esta doença. Bianca que estava acompanhada por outros diretores do Instituto, disse que a entidade é uma organização não governamental, constituída por tempo indeterminado, sem fins lucrativos e com as seguintes finalidades:
- Ajudar na qualidade de vida dos portadores de doenças raras;
- Melhorar o diagnóstico da doença no Brasil;
- Manter intercâmbios entre portadores, familiares e associações no âmbito nacional e       internacional;
- Despertar a sociedade para o problema da mucopolissacaridose e outras doenças raras;
- Fornecer informações atualizadas sobre a doença para a população e familiares de portadores e profissionais;
- Trabalhar junto às instituições formadoras de profissionais da medicina;
- Cobrar apoio institucional do governo;
- Promoção de palestras, debates, bem como a participação dos associados em conferências, eventos e fóruns internacionais relacionados  à saúde e doenças raras;
- Promover direitos estabelecidos, construção de novos direitos e assessoria jurídica gratuita de interesse suplementar;
- Promover a ética, a cidadania, os direitos humanos, a democracia e outros valores universais.
Ela informou também que o Instituto está com um abaixo-assinado nowww.euqueroviver.org.br, dirigido ao Governo Federal onde necessita de um milhão de assinaturas solicitando a liberação gratuita pelo SUS dos medicamentos necessário aos portadores da doença. Bianca pede o apoio de todos os brasileiros para esta causa e acredita que a fé faz crer no incrível, ver o invisível e realizar o impossível.




The actress Bianca Rinaldi was in the May 26 visit, during rehearsal of the piece Cabaret of Life, the artists are born Cia de Teatro, when he spoke about the actions that are being developed by the Institute I Want to Live, which is chaired by her and has main focus is to help people with the disease mucopolysaccharidosis. It is a genetic disease, a rare and progressive disability caused by an enzyme.The vast majority of patients with this disease died before reaching the age of ten and there is no specific treatment for this disease. Bianca who was accompanied by other directors of the Institute, said the organization is a nongovernmental organization, is indefinite, non-profit and for the following purposes:- Assist in the quality of life of patients with rare diseases;- Improving the diagnosis of the disease in Brazil;- Keep exchanges among individuals, families and associations nationally and internationally;- Awakening society to the problem of mucopolysaccharidosis and other rare diseases;- Provide updated information on the disease to people and family members of patients and professionals;- Working together to educational institutions of medical professionals;- Charge institutional support from government;- Promotion of lectures, debates, and the participation of members at conferences, events and fora related to health and rare diseases;- Promote established rights, construction of new rights and free legal counsel for additional interest;- Promote ethics, citizenship, human rights, democracy and other universal values.
She also reported that the Institute is a petition in www.euqueroviver.org.br addressed to the Federal Government where you need a million signatures asking for the release of free drugs by SUS need to have the disease. Bianca asks for the support of all Brazilians to this cause and believe that faith makes us believe the unbelievable, see the invisible and do the impossible.

這位女演員比安卡里納爾迪在5月26日訪問期間的生活片歌廳排練,藝術家們是天生的中央情報局去劇院,當他對正在由研究所研製的行動我要活下去,這是由她擔任主席的發言,並已主要重點是幫助人們與疾病粘多醣。它是一種遺傳性疾病是一種罕見的和漸進殘疾的一種酶引起的。與此疾病絕大多數患者死亡才到達十歲,也沒有對這種疾病的具體治療。比安卡誰是由其他董事學會的陪同下,說,該組織是一個非政府組織,是無限期的,非盈利性和處理下列事項:- 協助在對罕見疾病患者的生活質量;- 改善了在巴西的疾病診斷;- 保持個人,家庭和團體在國內和國際交流;- 覺醒社會的粘多醣和其他罕見疾病的問題;- 提供最新資料,向市民和患者及家屬疾病專業信息;- 通過合作醫療專業人員的教育機構;- 從政府主管機構的支持;- 講座,辯論,以及在各種會議,活動和相關的健康和罕見疾病論壇成員的參與;- 促進建立權利,新的權利和自由的額外權益法律顧問建設;- 促進道德,公民意識,人權,民主等普世價值。
她還報告說,該研究所是一個 www.euqueroviver.org.br請願書給聯邦政府,你需要一個萬人簽名,要求通過 SUS獲得免費藥物的釋放需要有這種疾病。比安卡要求為所有巴西人支持這一事業,並相信這​​種信心使我們相信,難以置信,看到不可見的,做的是不可能的。





ビアンカリナルディ5月26日訪問していた女優は、生活の一部のキャバレーのリハーサル中に、芸術家は彼女が議長を務めている彼は私が住みたいと思う研究所によって開発されている活動について話したCiAのド劇場を、、生まれ持っている主な焦点は、病気のムコ多糖症を持つ人々を支援することです。それは、遺伝病、酵素によって引き起こされるまれな進行性の障害です。この疾患の患者の大半は10歳に達する前に死亡し、この病気に対する特定の治療法はありません。研究所の他の役員を伴っていたビアンカは、組織が非政府​​組織である、請求、無期限の、非営利および以下の目的のためです。- 希少疾患患者の生活の質にアシスト。- ブラジルでの病気の診断を向上させる。- 国内外の個人、家族、団体間の交流をしてください。- ムコ多糖症と他の稀な病気の問題に目覚めの社会;- 患者や専門家の人と家族への病気に関する最新の情報を提供する。- 医療従事者の教育機関に一緒に作業。- 政府から制度的支援を充電してください。- 講演会、討論会、そして健康と稀な病気に関連する会議、イベントやフォーラムでのメンバーの参加の促進;- 確立された権利、新しい権利と追加の利益のための無料法律顧問の建設を推進する。- 倫理、市民権、人権、民主主義および他の普遍的な価値を推進する。
彼女はまた、SUSによって遊離薬物の放出を求める万人の署名を必要な場所研究所がwww.euqueroviver.org.brの申立てが連邦政府にアドレス指定されていることを報告した病気を持っている必要があります。ビアンカはこの原因に、すべてのブラジル人の支援を要求し、信仰は、私たちは信じられないが、目に見えないを見て、不可能を信じなると信じています。







الممثلة بيانكا رينالدي كان في زيارة 26 مايو ، خلال بروفة للكاباريه قطعة من الحياة ، هي التي ولدت الفنانين سيا دي مسرح ، عندما تحدث عن الإجراءات التي يجري تطويرها من قبل معهد أريد أن أعيش ، والتي يرأسها لها ، و التركيز الرئيسي هو مساعدة الناس مع mucopolysaccharidosis المرض. وهو مرض وراثي ، والعجز نادرة والتقدمية التي تسببها انزيم. توفي في الغالبية العظمى من المرضى الذين يعانون من هذا المرض قبل بلوغ سن العاشرة وليس هناك علاج محدد لهذا المرض. وقالت بيانكا الذي كان يرافقه المخرجين الآخرين للمعهد ، والمنظمة هي منظمة غير حكومية ، غير محدد ، غير هادفة للربح وللأغراض التالية :في نوعية حياة المرضى الذين يعانون من الأمراض النادرة -- المساعدة ؛-- تحسين تشخيص المرض في البرازيل ؛-- حافظ على تبادلات بين الأفراد والأسر والجمعيات وطنيا ودوليا ؛-- المجتمع الصحوة لمشكلة mucopolysaccharidosis والأمراض النادرة الأخرى ؛-- تقديم معلومات حديثة عن هذا المرض للناس وأفراد الأسرة من المرضى والمهنيين ؛-- العمل معا للمؤسسات التعليمية من المهنيين الطبيين ؛-- الدعم المؤسسي المسؤول من الحكومة ؛-- تشجيع المحاضرات والمناقشات ، ومشاركة أعضاء في المناسبات والمؤتمرات والمحافل ذات الصلة بالصحة والأمراض النادرة ؛-- تعزيز الحقوق المقررة ، وبناء جديد ومحامي حقوق قانونية مجانية للفوائد إضافية ؛-- تعزيز الأخلاق ، والمواطنة ، وحقوق الإنسان والديمقراطية والقيم العالمية الأخرى.
وأشارت أيضا إلى أن المعهد يمثل الالتماس في www.euqueroviver.org.br موجهة إلى الحكومة الاتحادية ، حيث كنت في حاجة الى مليون توقيع تطالب بالإفراج عن الأدوية مجانا من SUS الحاجة إلى وجود المرض. بيانكا يطلب الدعم من جميع البرازيليين في هذه القضية ، ونعتقد أن الإيمان الذي يجعلنا نعتقد أن لا يصدق ، راجع غير مرئية وتفعل المستحيل.





Clientes

Instituto Eu Quero Viver comprou agulhas para o tratamento de mucopolissacaridoses

Devido à falta de agulhas nos hospitais do SUS, Instituto Eu Quero Viver e Associação Paulista de Mucopolissacaridoses doaram R$ 28.000,00 para a compra de agulhas port-o-caht, utilizadas nos portadores desta doença


28 de setembro de 2011 - E o descaso continua! Além da falta de medicamentos para o tratamento de mucopolissacaridoses no sistema de saúde público do País, agora, o problema se estende ao fornecimento de materiais necessários para efetuar o tratamento. 

De acordo com o Instituto Eu Quero Viver, os hospitais não têm agulhas para realizar a infusão do remédio. '"Cada uma custa de R$ 15,00 a R$ 45,00 e pelo número de portadores no País, até janeiro, serão necessárias 500 unidades'", declarou o Tesoureiro do Instituto, Eduardo Menga. Como o Governo não toma nenhuma providência para repor os estoques dos hospitais, o Instituto e a Associação Paulista de Mucopolissacaridoses se recusaram a fechar os olhos para essa situação e compraram R$ 28.000,00 em agulhas. 

'"Não podemos desamparar as pessoas que sofrem de MPS. Em média, são utilizadas 100 agulhas por mês; mas este número pode aumentar conforme a indicação por parte do médico, para garantir a saúde do paciente'", afirmou a atriz Bianca Rinaldi, Presidente do Instituto Eu Quero Viver. Estas agulhas são necessárias aos doentes crônicos, que fazem o tratamento de reposição enzimática - T.R.E - MPS I, II e VI - e por isso, dependem de medicação endovenosa constante. 

A Presidente da Associação Paulista de Mucopolissacaridoses e Membro do Conselho Fiscal do Instituto Eu Quero Viver, Regina Próspero, contou que os responsáveis pelos hospitais do SUS, dizem que os insumos são muito caros para se dispensar com pacientes de MPS. 

'"Nem todos os portadores fazem o uso de port-o-cath, apesar de ser o sonho de consumo dos enfermeiros, pela facilidade de introdução da agulha e garantia de acesso venoso. Com o ''port'' não há perigo do paciente ficar sem infusão, a menos que não tenha a agulha'", argumentou Regina, explicando que as infusões ocorrem toda a semana, de três a cinco horas em hospitais ou clínicas especializadas. As veias ficam '"cansadas'" e apesar de serem visíveis a olho nú, quando introduzidas as agulhas (mesmo as do tipo Butterfly), elas se rompem ou se afastam, tendo o profissional que procurar outra veia. '"As picadas são muito dolorosas, e existem pacientes que chegam a ter de 10 a 15 picadas para garantir a infusão ou o término dela. Alguns acabam por desistir do tratamento na mesma semana. Quando isso acontece, é necessário a colocação do ''port'' para a continuidade do tratamento - T.R.E - e garantia de vida ao paciente'", detalhou. 

Para ajudar nesta causa e obter mais informações acesse: www.euqueroviver.org.br


http://www.liberdadedeideias.com.br/release.php?rl=62